Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
segunda-feira, 28 de abril de 2008

10 dias depois de EXPELLED e imagine Yoko

lennon imagine expelled yokoDe acordo com Box Office Mojo, estima-se que o filme Expelled:

  • ganhou $5.282.000 dólares em 10 dias.
  • está actualmente classificado na 6ª posição como documentário político, na 12ª como cristão, e 15ª como documentário.
  • está na 13ª posição em filmes, mas todos os filmes classificados acima dele foram exibidos em muitas mais salas de cinema.

Entretanto, a viúva de John Lennon, Yoko Ono, está a processar os cineastas do Expelled pela utilização da música de 1971, Imagine, classificada como a 3ª melhor música de todos os tempos pela Rolling Stone. Os produtores argumentam que citaram a música num uso moderado para comentários e críticas:

Os produtores invocaram o direito de uso moderado, que permite o uso de materiais protegidos por direitos de autor para comentários e críticas.


Os produtores do Expelled responderam à Sra. Ono, "Let it be", acrescentando,

A Premise não procurou obter uma licença para a música e não tinha qualquer obrigação de o fazer. Os espectadores imparciais vão ver que o clip da Imagine foi utilizado como parte de um comentário social no exercício da liberdade de expressão. O clip breve - constituido por umas breves 10 palavras - foi utilizado para contrastar as mensagens no documentário e não foi utilizado para dar apoio ao Expelled.

Mas a ironia desta acção não passou despercebida à estrela do filme, Ben Stein, "Então, Yoko Ono está a processar uso breve Constitucionalmente protegido de uma canção que deseja que nós imaginemos o mundo sem possessões: 'Imagine no possessions'? Talvez ao invés de desperdiçar o tempo de toda a gente tentando silenciar um documentário ela devesse dar a música para o mundo de graça? Afinal de contas, 'imagine all the people sharing all the world...You may say I'm a dreamer But I'm not the only one I hope someday you'll join us And the World can live as one.' ('imagine toda a gente a partilhar todo o mundo... Podes dizer que sou um sonhador Mas não sou o único a pensar assim Espero que um dia te juntes a nós E o mundo possa viver como um só.)"


John P. Meyer em Pegasus News pensa, como eu, que

Francamente, parece que os instigadores da acção judicial estão pondo o jogo directamente nas mãos dos cineastas, que estão naturalmente (e em tempo bem oportuno), assumindo a abordagem de que "toda a publicidade é boa publicidade."


Aparentemente, a Sra. Ono está a tentar parar a distribuição do Expelled, mas aí ela certamente não tem a vantagem da originalidade. No entanto, pelo menos um grupo de fãs me enviou uma mensagem solicitando que as pessoas vejam logo o filme, caso ela tenha sucesso.

Caso ela tenha sucesso? Não consigo pensar numa melhor maneira de ter a certeza de que um bilhão de pessoas o veja.


Entretanto, se você quiser ouvir e ver a Imagine de Lennon, faça play:



e aqui está Lennon com os outros Beatles no "Let it Be".



(por O'Leary)

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução