Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
sexta-feira, 25 de abril de 2008

EXPELLED - a ponta do Icebergue

expelled icebergue icebergO novo filme Expelled que põe em evidência a controvérsia em torno do design inteligente, estreou nos E.U.A no último fim de semana, em 1000 cinemas. O actor, apresentador e antigo redactor de discursos presidenciais, Ben Stein, entrevista cientistas e jornalistas por todo o mundo para compreender a forma como está a ser feito o debate em torno do DI e explorar as suas vastas implicações.

Stein encontra-se com vários cientistas cujas carreiras foram prejudicadas depois de terem publicado trabalhos a favor do DI. Ele então entrevista Darwinistas de renome e outros observadores académicos mais neutros, para perceber as suas perspectivas sobre o que aconteceu e sobre o contexto geral dos eventos. A ênfase principal do filme é a falta de liberdade de expressão na comunidade científica. Ao longo do filme, os cientistas explicam as teorias actuais sobre a origem da vida, discutem as dificuldades de testar a teoria evolutiva de forma rigorosa, e descrevem a incrível complexidade das células vivas, que são visualizadas com realismo e excelentes animações.

Stein também investiga algumas das possíveis implicações morais, sociais, culturais e espirituais do Darwinismo. O principal destaque é para a eugenia nos E.U.A., e na Alemanha, no início do século XX. Os Darwinistas que Stein entrevista são muito prestáveis com as suas próprias opiniões religiosas.

O filme culmina com uma entrevista a Richard Dawkins, realizada no Museu de História Natural em Londres. Dawkins diz pouco que ele não tenha já publicado, mas quem não leu seu último livro pode ser surpreendido com algumas das suas admissões.

O estilo de Ben Stein, a gama dos entrevistados e locais captam a atenção do espectador ao longo de todo o filme. As entrevistas são intercaladas com porções de filme a preto e branco da década de 1950 que são usadas de uma forma variada para proporcionar humor, relembrar história, e estabelecer paralelos interessantes.

O filme é dirigido a um público americano, com referências à Declaração de Independência e à investigação de casos de discriminação nos E.U.A.. Mas ele é muito relevante para o Reino Unido e para a Europa. Muitos dos entrevistados (de ambos os lados da controvérsia) são britânicos, ou com sede no Reino Unido: Sir John Polkinghorne, Prof Alister McGrath, o Dr. John Lennox, Prof Steve Fuller, Prof Richard Dawkins e Prof Peter Atkins.

A oposição ao DI é talvez mais forte nas universidades britânicas do que nos E.U.A., e muitos cientistas têm sido intimidados ou discriminados por este motivo. Os casos abordados neste filme são a ponta de um icebergue internacional.

Prevê-se que DVDs deste filme, com muito material adicional, estejam disponíveis este inverno.

TruthInScience

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução