Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Igreja Anglicana pede desculpas a Darwin

Como já sabem um biólogo da Royal Society, que também é sacerdote Anglicano, foi forçado a abandonar o seu cargo de Director de Educação daquela Academia de Ciências Britânica, por ter feito algumas declarações favoráveis a que as explicações alternativas ao Darwinismo pudessem ser discutidas nas salas de aula.

Canterbury Cathedral Abadia da CantuáriaE, por coincidência, ou não, agora a Igreja Anglicana resolveu pedir perdão a Darwin:

Na qualidade de alguém que esteve em luta com a Comunhão Anglicana toda sua vida adulta, e para quem a actual, óbvia, e lenta destruição de toda a histórica Igreja Anglicana não traz qualquer alegria, eu gostaria de fazer algumas observações sobre o pedido de desculpas antecipadas feito pela Igreja da Inglaterra, liderada pelo Arcebispo de Cantuária, Rowan Williams, a Charles Darwin. Apesar das indicações dadas em contrário, esta atitude foi claramente pensada, como o demonstra a secção de Darwin da Igreja de Inglaterra e o seu website:

Darwin Rowan Williams"Charles Darwin: 200 anos de seu nascimento, a Igreja da Inglaterra deve a você um pedido de desculpas por o termos compreendido mal, errando na nossa primeira reacção, e assim encorajando outros a interpretá-lo mal. "

1. Tal como observadores perspicazes já salientaram, não existe qualquer razão histórica para a Igreja da Inglaterra fazer um pedido de desculpas a Charles Darwin - lembre-se que foi-lhe atribuído um grau honorário de Cambridge, e que ele está enterrado na Abadia de Westminster. Não houve nenhuma perseguição, nenhuma censura, só debates. Daí que a desculpa seja pelo "compreendido mal".

2. Esse facto, então levanta a questão: Afinal o que é que se passa?


3. A resposta é que esta atitude procura conseguir três coisas. Em primeiro lugar, como é expressamente declarado, faz uma condenação da forma de pensar errada de algumas pessoas que acham que existe um conflito entre os ensinamentos cristãos e a teoria Darwinista ao "desculpar", em vez de fazer a declaração directamente. Em segundo lugar, tenta colocar a Comunhão Anglicana a par com a Igreja Católica Romana no que diz respeito à questão de Galileu. Em terceiro lugar, o artigo muito bem-escrito do site pelo Revd Dr Malcolm Brown orienta sobre o modo de como ser um cristão e um darwinista. Para o seu crédito, ele também discute o "lado negro" de Darwin, concluindo "sua teoria [de Darwin]… tem sido elevada a uma teoria geral do tudo - o que não só é errado, mas perigoso."

Rowan Williams4. A questão mais importante é o porquê de Rowan Williams e outras figuras eminentes na Igreja da Inglaterra sentirem que precisavam de fazer o pedido de desculpas. Depois de estudar as acções deste homem após ele se tornar arcebispo da Cantuária, a minha resposta a esta pergunta é a mesma que tenho para os motivos de inúmeras outras atitudes inexplicáveis que ele tomou: Não faz sentido e eu não consigo discernir uma liderança com pés e cabeça. A única coisa que consigo perceber é que a ideia parece boa para um determinado tipo de mentalidade, que põe a Igreja da Inglaterra nas notícias, e faz com que receba elogios de alguns em posições de autoridade secular (embora se verifique que aconteceu o contrário). Talvez ele tivesse pensando que tem havido um fluxo constante de más notícias sobre a Comunhão Anglicana na imprensa, e isto seria uma agradável pausa nesse fluxo. O que ele parece não ter percebido é que isto é precisamente o tipo de afirmação ridícula (independentemente do ponto de vista sobre teologia ou ciências do leitor) que é um sintoma do maior distanciamento da realidade que existe na maior parte da Igreja Anglicana da Inglaterra, nos E.U.A , e no Canadá.

A Igreja da Inglaterra pediu desculpas por ter compreendido mal Darwin. Se considerarmos a citação do Bispo Rayfield, "A Teologia e a Ciência cada uma têm muito a contribuir para a afirmação do salmista de que somos 'tremenda e maravilhosamente criados'", eu suspeito que a maioria dos biólogos Darwinistas iriam dizer que a Igreja da Inglaterra ainda hoje interpreta mal Darwin.


(por Lord Ickenham)

Não vejo o que eles ganhem com isso. Eles não vão ganhar nenhuma credibilidade aos olhos dos ateus new age pseudo-intelectuais, nem algum respeito da parte de fanáticos como Dawkins. Eu acho que vai ser interessante ver o que acontece quando os religiosos perceberem que eles não vão ganhar nenhum respeito por andar aos beijos com os materialistas.

(por Lord Timothy)

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução