Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Aquecimento Global, declinio de temperaturas que os cientistas esconderam

Acima está uma comparação mostrando os dados publicados de aneis de árvores e os dados da aneis de arvores que foram apagados do relatório UNIPCC e do arquivo NOAA.

No gráfico, a preto são os dados dos aneis de árvores que foram publicados pelo relatório da UNIPCC e fornecidos ao arquivo NOAA pelos cientistas da CRU. A parte vermelha do gráfico são os dados de temperatura dos aneis de árvores desde meados do século 20 que não apoiam a hipótese do aquecimento global - foi excluída do relatório da ONU e do arquivo NOAA. O dados "processados" de estações terrestres (que não são mostrados neste gráfico) foram colocados em seu lugar e, claro, os dados das estações terrestres, quando são colocados a seguir aos dados de aneis de árvores mais antigos, deram a aparência do aquecimento sem precedentes. Os dados das estações terrestres antes de serem "processados" já não existem, pois foram descartados pelos cientistas da CRU na década de 1980. Eles não podem ser verificados.


Então aqui está o "truque de Mike da Nature ... para esconder o declinio das temperaturas":

Os defensores do aquecimento global mudaram a fonte dos dados no final do gráfico, justamente no ponto onde os dados eram contrários a sua hipótese, e substituiram-nos com dados manipulados de origem diferente, que apoiaram a sua hipótese. Eles excluiram os dados originais contraditórios do relatório publicado e da base de dados pública. Quando pressionados ao longo de anos ao abrigo do Acto da Liberdade da Informação para que tornassem públicos os dados originais não processados que apoiavam o aquecimento global, eles acabaram por admitir que deitaram fora os dados e que estes nunca mais poderão ser verificados.

Não é apenas má ciência. É fraude.


(por Michael Egnor)


Hide The Decline - Climategate




0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução