Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
domingo, 2 de maio de 2010

Revista Cientifica com Peer-Review Favorável ao DI

Uma nova revista cientifica com revisão por pares, favorável ao Design Inteligente:

BIO-Complexity
(Bio-Complexidade)

A equipa já conta com um cientista brasileiro. Espero que também os cientistas lusitanos possam perceber a oportunidade de poder contribuir numa linha de vanguarda cientifica como esta. Vamos para a linha da frente também portugueses, sem medo de questionar teorias do séc. XIX. Ficarmos na cauda, nos últimos lugares, já nos basta na europa!


Chefe Editorial:

  • Matti Leisola, Enzimologia e Engenharia Enzimática, Universidade de Tecnologia de Helsinkia, na Finlândia

Equipa Editorial:
  • David Abel, Origem da Vida; The Origin-of-Life Science Foundation, Estados Unidos
  • Douglas Axe, Estrutura-função das Proteinas, Biologic Institute, Estados Unidos
  • William Basener, Estatística e Modelagem de Populações, do Instituto de Tecnologia de Rochester, Estados Unidos
  • Michael Behe, Bioquímica e Complexidade Biológica; Lehigh University, Estados Unidos
  • Walter Bradley, Origem da Vida; Baylor University, Estados Unidos
  • Stuart Burgess, Biomimetica e Biomecânica; Universidade de Bristol, Reino Unido
  • Russell Carlson, Bioquímica, Universidade da Georgia, Estados Unidos
  • William Dembski, Matemática e Teoria da Informação; Discovery Institute, Estados Unidos
  • Marcos Eberlin, Química, Universidade Estadual de Campinas, Brasil
  • Charles Garner, Química Prebiótica, Baylor University, Estados Unidos
  • Loren Haarsma, Biofísica, Calvin College, Estados Unidos
  • Peter Imming, Química Orgânica, Martin Luther University, Alemanha
  • James Keener, Bioengenharia e Matemática, da Universidade de Utah, Estados Unidos
  • David Keller, Química Biofísica e Máquinas Moleculares, Universidade do Novo México, Estados Unidos
  • Branko Kozulic, Bioquímica; Gentius Ltd, Croácia
  • Wolf-Ekkehard Lönnig, Genética Vegetal; Max Plank Institute for Plant Breeding Research (aposentado), Alemanha
  • Jed Macosko, Biofísica e Máquinas Moleculares, Wake Forest University, Estados Unidos
  • Robert Marks, Computação Evolucionária e Teoria da Informação, Universidade de Baylor, nos Estados Unidos
  • Norman Nevin, Genética Médica, Queen’s University of Belfast (emérito), Irlanda
  • Edward Peltzer, Química do Oceano, Estados Unidos
  • Colin Reeves, Algoritmos Genéticos e Teoria da Informação, Universidade de Coventry, Reino Unido
  • Siegfried Scherer, Ecologia Microbiana, Technische Universität München, Alemanha
  • Ralph Seelke, Microbiologia, Universidade de Wisconsin-Superior, Estados Unidos
  • David Snoke, Física e Modelagem; Universidade de Pittsburgh, Estados Unidos
  • Richard Sternberg, Genomica, Cladistica e Biologia Teórica, Biologic Institute, Estados Unidos
  • Scott Turner, Fisiologia, Ecologia e Evolução, Universidade Estadual de Nova York-Syracuse, Estados Unidos
  • Jiří Vacha, Fisiologia Patológica e Teoria Evolutiva; Masaryk University (emérito), República Checa
  • John Walton, Química, Universidade de St Andrews, Reino Unido
  • Jonathan Wells, Biologia Celular e do Desenvolvimento, Biologic institute, Estados Unidos

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução