Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
segunda-feira, 26 de julho de 2010

O Design Inteligente da World Wide Web

Já se sabe que se quisermos encontrar alguma coisa sobre o Design Inteligente na internet basta fazer uma pesquisa num motor de busca, para gerar muitos resultados, uns contra, outros a favor. Se por exemplo pesquisarmos pelas palavras "design inteligente" provavelmente vai aparecer este blog na primeira ou na segunda posição, que também já tem muita coisa sobre, que foi sendo acrescentada aqui ao longo de alguns anos.

Mas o que é mais interessante e surpreendente é encontrarmos o assunto do Design Inteligente, mesmo quando não o procuramos, quando o tema que pesquisamos é outro, que nada tem a ver com a polémica Darwinismo x Design Inteligente. Isso pode revelar que o assunto do design inteligente não está confinado aos meios onde nos habituamos a ver a polémica ser discutida. O design inteligente pode estar a ter um impacto bem maior do que aquilo que imaginamos, pode estar a chegar onde não pensaríamos que chegasse tão cedo.

Pesquisava eu sobre algumas técnicas de optimização de websites quando num vídeo de Matt Cutts sobre o "Canonical Element" vejo ele logo no inicio a referir o aniversário de Darwin mas sem a seguir se esquecer de falar no Design Inteligente. Vejam:

A data que tivemos este anúncio [do Canonical Element] foi em 12 de Fevereiro de 2009, e o que é engraçado é que Charles Darwin nasceu exactamente há 200 anos antes daquela data.

Então eu comecei com um slide onde fiz uma piada, em que eu disse, "quer você pense que a web foi resultado de um design inteligente da parte de Tim Berners-Lee, ou você pense que a web precisa de evoluir, quer num caso quer no outro esta é uma tecnologia aberta que ajuda as pessoas a melhorar a web".
É muito interessante ver um engenheiro de software, um engenheiro do Google, com tanta influência no mundo da web como a que tem Matt Cutts, não conseguir falar de Darwin sem se lembrar do design inteligente, referindo-o claramente.

Pareceu-me um comentário bem equilibrado. A web não surgiu por acaso, Tim Berners-Lee, também ele engenheiro e cientista de computação, inventou a World Wide Web, essa tecnologia fantástica, que faz com que eu esteja aqui a escrever no blog, e que permite a você leitor estar a ler o meu post.

Mas também a evolução da Web não se dá por acaso. É necessário pessoas criativas, que dediquem a sua inteligência a projectar e a desenvolver ferramentas e linguagens de programação. É a inteligência que permite que a web evolua, expandindo cada vez mais as suas possibilidades.

Os sites e blogs não surgem sozinhos, e não evoluem sozinhos. Precisam de inteligência e informação. Precisam de alguém a investir o seu tempo a aprender, a optimizar, a produzir conteúdos...

Realmente, que discurso ultrapassado seria, que imagem pouco evoluída daria Matt Cutts, se ele se tivesse limitado a alinhar com o darwinismo, se ele se tivesse limitado a fazer o papel tacanho de bajulação a Darwin sem contrapor com a alternativa do design inteligente. Esse papel, que continuam a fazer os darwinistas fanáticos, crentes cegos numa teoria do séc. XIX, papel que eles sabem fazer tão bem...

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução