Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Homo floresiensis - mais um FIASCO evolucionista ?

Hoje circulou uma noticia que diz que afinal:

"O homem da ilha indonésia de Flores que viveu há 18 mil anos e media um metro era um indivíduo com má-formações e não o representante de uma nova espécie, afirmam Meike Köhler e Salvador Moyá, cientistas do Instituto Catalão de Paleontologia (ICP).

Em artigo publicado na revista científica 'Trends in Ecology and Evolution', eles afirmam que as particularidades do esqueleto do Homo floresiensis não se devem a adaptações ao seu habitat, como diversos cientistas apontam, mas sim a má-formações 'que não permitiam que fossem bons caçadores'."

A ser verdade, isto vem provar mais uma vez a fé evolucionista. Porquê? Vale lembrar que o "Hobbit" achado em 2003 foi propalado pelos media e amplamente anunciado nos meios cientificos evolucionistas, como sendo uma nova espécie e "uma das descobertas mais sensacionais das últimas décadas"...

A ser verdade que o "Hobbit" foi afinal um humano, a seguinte imagem passa a representar (como tantas outras já o fazem) o fiasco da imaginação, tão fértil e tão pouco fiável, dos evolucionistas:
Homo floresiensis, Hobbit
Já tinha acontecido algo parecido com o Neandertal, depois foi com o Habilis, agora o Floresiensis...
Quanto mais descobertas e estudos se fazem mais crenças evolucionistas vão caíndo. O descrédito da evolução humana cada vez é maior!

Reparem que os crânios da seguinte imagem já nos foram apresentados como pertencendo a três espécies diferentes:
Homo floresiensis, Homo neanderthalensis, Homo sapiensParece que afinal, à luz das mais recentes descobertas, estes três crânios são relativos a apenas uma espécie... a nossa!

A ser verdade, que o "Hobbit", ou Homo floresiensis, era apenas um ser humano que sofria de malformações, então alguns artigos publicados no passado passam a ser comédia (para quem não é evolucionista, claro - para quem é evolucionista passam a ser tragédia, rsrs). Podemos ver isso na wikipedia (tão amada por alguns evolucionistas). Reparem nas certezas que ali podemos encontrar relativamente ao que afinal parece ser apenas um "ser humano com malformações":
"Homo floresiensis é uma espécie extinta da família Hominidae que viveu na Ilha de Flores, pertencente à Indonésia, até há 13.000 anos.
[...]
A anatomia do homem de Flores mistura características de Australopithecus e Homo erectus (extintas há 1,4 milhoes e 200 mil anos respectivamente) com traços do homem moderno Homo sapiens, numa combinação que intriga os cientistas."

Hehehe... vida dura essa de evolucionista!...

Para terminar, e agora num tom mais sério, a ser verdade que o "Hobbit" era apenas um ser humano que sofria de malformações, será interessante apreciar a cobertura que irá ser dada a este assunto nos media e particularmente nas revistas ciêntificas... Vamos ver quantas vezes o "Hobbit" vai aparecer de novo nas capas daquelas revistas, desta vez colocando-o no seu devido lugar.

P.S. - Ver também o post "O descrédito do ÍCONE da EVOLUÇÃO HUMANA"

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução