Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
sábado, 23 de fevereiro de 2008

Beelzebufo, o sapo ENORME

Beelzebufo, sapo do diabo, frog from hellAparentemente, o beelzebufo (sapo do diabo, na linguagem da ciência) viveu há 65 a 70 milhões de anos atrás, e foi... enorme.

"Sapos de forma semelhante da América do Sul têm uma mordida forte e podem banquetear-se com pequenos vertebrados tais como ratos e lagartos: Basicamente, eles comem qualquer coisa menor que lhes passe à frente", diz Evans.

Beelzebufo foi 2 a 3 vezes maior do que Ceratophrys aurita, o maior sapo vivo da América do Sul nesta família, e 4 a 5 vezes maior do que o maior sapo vivo da Malagasy, o Mantidactylus guttulatus.

E também ninguém sabe como o sapo foi parar a Madagascar.
Madagascar soa familiar? Confira a palmeira explosiva de Madagascar do post anterior.

Links:

Público - Sapo Beelzebufo poderá ter comido dinossauros recém-nascidos

Noticias Terra - Estudo: sapo gigante podia comer bebês-dinossauro

Notícias Yahoo - Descoberto fóssil de sapo gigante que viveu com dinossauros na África

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução