Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
sábado, 23 de fevereiro de 2008

Como os animais ficaram tão GRANDES?

Escorpião do mar gigante, giant sea scorpion
garra de escorpião, scorpion clawUma garra de um escorpião marinho do tamanho de um homem? Sim, esse escorpião do mar é um digno companheiro do sapo do diabo. Como relata a BBC,

"Acredita-se que os euriptéridos são os ancestrais aquáticos, já extintos, dos modernos escorpiões e possivelmente de todos os aracnídeos. (a classe de animais que também inclui as aranhas)."

"O maior escorpião em existência mede quase 30 cm. Isso mostra o quão grande essa criatura era", disse Simon Braddy, da Universidade de Bristol, na Inglaterra."

Porque é que muitos dos animais extintos eram tão grandes? As opiniões divergem:
"A espécie viveu durante um período em que os níveis de oxigénio na atmosfera terrestre eram muito mais altos do que os de hoje.

Alguns paleontólogos acreditam que essa abundância de oxigénio foi parcialmente responsável pelo tamanho de muitos invertebrados que existiam na época, como centopeias monstruosas, baratas gigantes e libélulas jumbo.

Mas Braddy acredita que o tamanho gigante, na verdade, estava relacionado à falta de predadores vertebrados. Quando eles surgiram, os insectos gigantes viraram presa."

Talvez. Mas, falando de apenas de tamanho bem gigante, hoje, as baleias azuis são maiores do que o maior dinossauro alguma vez foi.

Depois, há a lula colossal recentemente descoberta:
O perito de lulas da Nova Zelândia, Steve O'Shea, da Auckland University of Technology, descreveu a lula como "um verdadeiro monstro". Ele disse à BBC: "a lula gigante já não é a maior lula que existe. Temos algo maior, e não apenas maior, mas de uma significativa ordem superior de grandeza."

Portanto, parece que no oceano, hoje, as formas de vida - quer respirem do ar ou da água, ainda podem ser simplesmente enormes.


(por O'Leary)

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução