Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Design nas osgas

osgas patas cerdas, Gecko setaeVejam esta noticia do inicio deste ano no Science Daily... o investigador de osgas é evolucionista, pois ele fala da "evolução das cerdas" e nos habituais "milhões de anos",... mas este é mais um caso em que não se podia deixar de falar em design, inovações e nano-tecnologia. E é o que o investigador faz:

"Ao contrário da maior parte das criaturas, as osgas não usam secreções pegajosas para as ajudar a pendurarem-se, tudo se deve à surpreendente estrutura da pele das suas patas", diz o professor Anthony Russell, um dos maiores especialistas na família dos lagartos-osgas. "Descobrir como elas são capazes de correr nos tectos e caminhar nas janelas é extraordinariamente complexo, mas está a receber muita atenção por causa da possível tecnologia que pode produzir."

Ao contrário das rãs das árvores e de muitos insetos que utilizam algum tipo de fluido-cola para obterem aderência, as osgas têm as suas patas secas. As suas patas em forma de leque, altamente flexíveis, permitem-lhes obter tração sobre uma grande variedade de superfícies, estando em movimento ou paradas, tanto para cima, como para baixo, ou penduradas em algum tecto. Este poder de desafiar a gravidade reside nas dezenas a centenas de milhares de estruturas parecidas com cabelos, conhecidas por cerdas, que existem na superficie dos dedos das osgas. Em 2000, os investigadores demonstraram que a grande superfície de cerdas permitem que os animais tirem proveito de atrações do nível molecular chamadas forças van der Waals para aderirem a praticamente qualquer superfície. Mais recentemente, demonstrou-se que o atrito também está envolvido, e que estes animais utilizam toda uma mão cheia de truques para os ajudar a adaptarem-se às circunstâncias de cada momento.

patas osgas cerdas, Gecko setae
"O objetivo é criar um adesivo completamente seco que não deixa qualquer resíduo para trás e que se mantém aderindo enquanto lhe fôr aplicada uma carga sobre ele e que pode ser reutilizado um número ilimitado de vezes", disse Russell. "Depois de conquistarmos como funciona poderia ser razoavelmente barato fabricá-lo e as utilizações possíveis são infinitas."

Russell diz que aprender como as espécies são projetadas pela natureza para lidarem com os desafios ambientais fornece lições fundamentais para as inovações humanas.

"Esta nano-tecnologia tem estado por aí há mais de 50 milhões de anos e só agora estamos a começar a compreender como ela funciona", disse ele.

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução