Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Usando a Natureza como Guia de Design

comboio aveOs Engenheiros continuam a virar-se para a Biologia para Melhorar a Tecnologia Humana, e a Protecção Ambiental

Recentemente
comentei como os biólogos se estão a virar para os mecanismos bioquimicos naturais do flagelo para os ajudar a melhorar a tecnologia biomédica. Um novo artigo publicado na revista Business Week confirma que esta é uma tendência comum na indústria, observando que os engenheiros constantemente se viram para a natureza procurando inspiração para produzir tecnologia humana:

Diga qual o tema comum: um comboio bala com um distinto nariz semelhante ao bico de uma ave; turbinas eólicas maciças cuja forma foi inspirada pela forma das barbatanas das baleias; colas ultra-fortes e biodegradáveis, desenvolvidas a partir da análise de como os mexilhões se agarram às rochas debaixo de água. Os criadores de cada produto utilizaram a natureza como seu guia.

("Using Nature as a Design Guide," Business Week, Fev. 11, 2008)

O artigo ainda explica que a biologia pode igualmente fornecer soluções amigas do ambiente para as necessidades da indústria, fornecendo "tecnologias de fabrico não poluentes e energeticamente eficientes".

Outro projecto fascinante foi levado a cabo pela divisão Ford/Volvo para desenvolver "um sistema anti-colisão com base na forma como os gafanhotos se deslocam em enxame sem chocarem uns com os outros". O artigo também explica que a IBM está a desenvolver um sistema para imitar "a forma como as conchas abalone misturam partículas microscópicas de carbonato de cálcio num processo denominado 'self-assembly'(auto-montagem). Eles estão agora a aplicar os mesmos princípios para o desenvolvimento de uma série de processadores. Embora ainda experimentais, os resultados reduzem o consumo de energia em cerca de 35%. "

A Biologia está agora a ajudar-nos a melhorar os nossos métodos para proteger o ambiente, evitando acidentes de viação, e construindo chips de computador melhores e mais eficientes. Mas o artigo pressupõe que estes recursos biológicos "têm evoluído no mundo natural ao longo de bilhões de anos."

No entanto, parece que os alegados produtos dos processos cegos darwinistas estão a suplantar a tecnologia humana, que é o produto de projecto inteligente. Alguns podem-se maravilhar com a pretensa ingenuidade dos processos cegos e aleatórios. Outros irão ver isso como uma clara evidência de design inteligente. De qualquer forma, parece claro que os biólogos e engenheiros que ainda acreditam no neo-darwinismo necessitam de continuar a repetir o mantra de Francis Crick:

"Os biólogos não se devem esquecer que o que vêem não foi projectado, mas que em vez disso evoluiu".


(por Casey Luskin)

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução