Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
terça-feira, 10 de junho de 2008

O que faz o cérebro avançado do Polvo ?

Os polvos adivinham o futuro? - clique para saber

Polvo octopusO nautilus, que se assume ser um exemplo vivo dos ancestrais do polvo e da lula, não tem as estruturas cerebrais destes animais, no entanto parece ter memória, tanto de curto como de longo prazo:

NautilusTreinando o Nautilus pompilus a associar o cheiro de comida com uma luz azul, os cefalópodes acabam por aprender a responder a um flash de luz azul, estendendo seus tentáculos. Então, os cientistas testaram as memórias dos cefalópodes com um flash de luz aos 3min, 30min, 1h, 6h, 12h e 24h após o treino. Por incrível que pareça, o Nautilus lembrou-se do seu treino até uma hora depois, após o que a memória se perdia, mas a memória voltava 6h depois, durando até 24h. O Nautilus tem memória tanto de curto como de longo prazo, tal como os cefalópodes modernos, apesar de não terem as mesmas estruturas cerebrais.

(A Companhia de Biólogos (2008, junho 1). Fósseis vivos Têm Memória de Curto e de Longo Prazo Apesar de lhes Faltarem as Estruturas Cerebrais dos Cefalópodes Modernos. ScienceDaily, 3 de junho de 2008.


Lula squidOs cefalópodes modernos (lulas e polvos) têm sistema nervoso central complexo e cérebros de coleóides, mas eles devem fazer algo mais pelos animais para além de os ajudarem a lembrar-se de onde está a comida.

(por O'Leary)

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução