Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
domingo, 21 de março de 2010

Quando Duvidar do 'Consenso' Cientifico

Qualquer pessoa que tenha estudado a história da ciência sabe que os cientistas não estão imunes à dinâmica irracional do comportamento de rebanho

  1. Quando diferentes reivindicações são agrupadas.
  2. Quando os ataques ad hominem contra dissidentes predominam.
  3. Quando os cientistas são pressionados a seguir a linha do partido.
  4. Quando a publicação e a revisão por pares na disciplina é facciosa.
  5. Quando as opiniões divergentes são excluídas da literatura peer-reviewed relevante, não por fracas evidências ou maus argumentos, mas como parte de uma estratégia para marginalizar a oposição.
  6. Quando a literatura de revisão por pares é deturpada.
  7. Quando o consenso é declarado às pressas ou antes mesmo de ele existir.
  8. Quando o assunto da matéria parece, pela sua natureza, resistir a um consenso.
  9. Quando "os cientistas dizem" ou "ciência diz que" é uma locução comum.
  10. Quando ele está a ser usado para justificar políticas do dramatismo pu políticas económicas.
  11. Quando o "consenso" é mantido por um exército de jornalistas que o defendem com zelo acrítico e partidário, e parecem ter a intenção de ajudar a mensagem de alguns cientistas ao invés de relatar os factos o mais objectivamente possível.
  12. Quando nos continuam a dizer que há um consenso científico.
Fonte: The American

Leia também a degradação da ciência.

0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução