Home Favoritos Donativos RSS
counter

 
quinta-feira, 22 de maio de 2008

Evolução Reversa e os Elementos Ultra-Conservados

Mais um vídeo evolucionista, um pouco na linha do vídeo do post anterior,



Não, os "donos deste blog" não "viraram a casaca" não! Rsrsrs...

Para quem é céptico das grandes alegações darwinistas é sempre interessante ver os evolucionistas expressarem tão prontamente as suas crenças no antepassado comum de todos os seres vivos. Antes olhavam para a anatomia. Tinha semelhanças... então é porque houve um antepassado comum. Agora o raciocínio deles evoluiu, mas muito pouco. Agora olham para o código genético e pensam... tem semelhanças... então é porque houve um antepassado comum. E lá estamos nós novamente na presença da típica fé evolucionista na "ameba" mãe de todos. Até aqui nada mais, nada menos... nada de novo!...

Mas para quem sabe um pouco inglês este vídeo é bem interessante. Para além de falar em Evolução Reversa e na procura do desejado antepassado comum, ele introduz aquilo que ainda pode ser uma novidade para muitos (especialmente para muitos evolucionistas). Falando acerca da comparação de genomas entre mamíferos o evolucionista diz:

"Descobrímos que havia muitos mais segmentos 100% coincidentes do que alguém podia acreditar que existiam.
Chamamos a estes segmentos os elementos ultra-conservados do genoma humano. As mutações estão sempre a acontecer por todo o genoma, mas nas regiões importantes a maior parte das mudanças são prejudiciais, elas reduzem a aptidão. São mudanças em elementos funcionais importantes e críticos e é difícil uma mudança ao acaso que melhore essa função.
Portanto sempre que vemos um elemento que permanece intacto por dezenas de milhares de anos, sabemos que a natureza tentou mudar aquele elemento e falhou! Sabemos que aquele elemento é realmente importante."

Os evolucionistas têm sempre esta faceta de dizerem que sabem o que na verdade não sabem!
Ele viu um elemento genético a permanecer intacto por centenas de milhões de anos?!!....
Ele sabe que a natureza tentou mudar aquele elemento?!!
... evolucionista dizendo o que não sabe... não sabendo o que diz!... :)

Veja sobre os mecanismos de reparação do DNA aqui.

Agora para além das espécies em estase por muitos milhões de anos (tubarões, crocodilos, celacantos etc) temos porções do genoma em estase genética por muitos e muitos milhões de anos!!... Rsrs

Mas... ainda mais interessante do que segmentos imutáveis de DNA, são os genes de funções de orgãos sensoriais humanos que se podem encontrar em seres "primitivos" desprovidos de tais orgãos. Vejam os posts:

Genes Humanos nos Ouriços do Mar ?

Como é que as anémonas têm genes humanos?




P.S. - Repararam nos desenhos fraudulentos de Haeckel, já perto do final do vídeo?
... Para além de continuarem a acreditar em inúmeras fantasias sem qualquer evidência real, insistem em recorrer a uma fraude desmascarada para propagandear as suas fantasias!... Tsc Tsc Tsc


0 comentários:

Postar um comentário





Related Posts with Thumbnails
A origem da vida não é consensual. A evolução dos seres vivos não é consensual. A teoria de Lamarck, a teoria de Darwin, e outras, propuseram a transformação dos seres vivos ao longo do tempo.

Mas o evolucionismo e o darwinismo não explicam de forma satisfatória a complexidade dos seres vivos. A biologia molecular e a biologia celular revelam mecanismos cuja origem os darwinistas nem se atrevem a tentar explicar.


Este blog trata de Design Inteligente, Darwinismo e Teoria da Evolução